S1kip to content

A Marca é a alma do Negócio

Costuma-se dizer que a propaganda é a alma do negócio. Particularmente, discordo dessa afirmação. Em minha opinião, a marca é a alma do negócio.

Bruce Dickinson, vocalista da banda Iron Maiden, historiador, piloto de avião e empreendedor, compartilha a ideia de que uma empresa não vende apenas um produto, ou serviço, ela vende uma relação pessoal, sendo necessário transformar o consumidor comum em “fã de uma marca”.

Uma marca não se trata apenas de um logotipo. Trata-se de uma identidade, um conceito, uma percepção, externa e interna, da empresa. São percepções sobre como as pessoas enxergam uma empresa.

Segundo Philip Kotler, uma marca é uma promessa da empresa para fornecer uma série específica de atributos, benefícios e serviços aos compradores. As melhores marcas trazem consigo um símbolo de qualidade.

Mas uma marca é ainda mais do que isso. A marca pode representar até seis níveis de significado: atributos, benefícios, valores, cultura, personalidade e usuário. Se uma empresa trata sua marca apenas como um nome, está completamente equivocada. O desafio ao estabelecer uma marca é desenvolver profundas associações positivas em relação a ela.

Uma marca é construída através de comunicação e, quando bem feita, deixa rastros positivos ou valores que farão a diferença ao posicionar a marca na mente das pessoas.

A empresa deve criar a sua marca contando boas histórias, as quais deverão conter todos os atributos associados à marca.

“Meu processo criativo começa com uma cena, uma história, um estilo, um conceito que crio a partir de algo que desejei ou vivi. Deste ponto eu crio o clima, a atmosfera, os looks e as atitudes. Na maior parte das vezes eu crio a campanha antes mesmo das coleções.”  A frase de Oskar Metsavaht, criador da Osklen, demonstra que não existem fronteiras entre o produto, campanhas, empreendedor ou negócio. Tudo está englobado em um só contexto: a marca.

A construção de uma marca reforça o vinculo entre colaboradores e a reputação da empresa, encoraja a lealdade dos consumidores, garante a qualidade dos produtos e serviços, aumenta o número de acessos ao site e canais de venda e, tudo isso somado, reflete no aumento do faturamento.

 

Fonte:

http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2014/01/cp2014-campus-party-2014-evento-aposta-no-empreendedorismo-com-bruce-dickinson.html

Endeavour Brasil – BRANDING Qual a alma da sua empresa?

 

No comments yet

Leave a Reply

You may use basic HTML in your comments. Your email address will not be published.

Subscribe to this comment feed via RSS